Disbiose Intestinal – Contribui na Obesidade?

Home»Blog da Doc»Disbiose Intestinal – Contribui na Obesidade?

A disbiose se estabelece quando a microbiota intestinal é prejudicada por desequilíbrios de micro-organismos patogênicos afetando negativamente a saúde física, mental e até emocional das pessoas.

As causas da disbiose intestinal estão relacionadas desde o tipo de parto que o indivíduo teve até sua frequência de uso de álcool.

Alguns gatilhos mediadores relacionados a disbiose são:

Uso de antibióticos

Consumo excessivo de álcool

Baixa qualidade de vida (stress)

Consumo de açúcar e alimentos industrializados

Doenças intestinais como síndrome do intestino irritável e constipação intestinal

Estudos tem apontado a disbiose como fator de risco de diversas patologias, como obesidade, diabetes, doença celíaca, síndrome metabólica, entre outras. Já foi inclusive estabelecido que indivíduos de peso considerado normal tem a flora bacteriana diferente de indivíduos obesos, com predominância de tipos diferentes de bactérias. Até mesmo a doença de Parkinson já foi relacionada à saúde intestinal.

Durante o tratamento é desenvolvido um plano personalizado para o indivíduo, com uma rotina alimentar associada a suplementos probióticos e/ou prebióticos, para melhorar a colonização bacteriana e restabelecer a qualidade de vida do paciente.

Quer saber mais? Agende um horário pelo telefone (31) 3273-0544 ou ws (31) 99308-4151

Referência: SPEZIA, Gabriela et al. Microbiota intestinal e sua relação com a obesidade. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo, v.3, n.15, p.260-267, maio/jun. 2009

Por | 2017-05-15T17:46:30-03:00 15/05/2017|Blog da Doc|

Leave A Comment

Avada WordPress Theme
Open chat
Olá! Aqui é a Dra. Flavia Denigris, tire suas dúvidas e agende sua consulta.
Powered by